publicado em 12/03/2020 às 09h52
Escalada do coronavírus pode afetar o Exame de Ordem

Comecei a receber muitas mensagens de candidatos preocupados com a disseminação do coronavírus e um potencial impacto dele na aplicação da 2ª fase da OAB.

A situação me lembra muito quando aventei pela primeira vez a possibilidade da greve dos caminhoneiros, ocorrida em 2018 (todos lembram, é claro!) pudesse afetar o Exame de Ordem.

E afetou:

Greve dos caminhoneiros e a prova do domingo: a preocupação dos candidatos

OAB suspende 2ª fase do XXV Exame de Ordem

Suspensão da prova da OAB foi inevitável

ATENÇÃO! Alterado o calendário do XXVI Exame de Ordem!

A verdade é que a escalada das notícias sobre a propagação do coronavírus cresceu muito nos últimos dias, e o risco de um adiamento da prova da 2ª fase cada vez mais se torna tangível:

OMS declara pandemia de coronavírus

Coronavírus: veja decreto de Ibaneis que suspende atividades no DF

Donald Trump anuncia suspensão de todos os voos da Europa aos EUA

Sobe para 69 o número de casos de coronavírus no Brasil; 46 são em São Paulo

A notícia mais preocupante foi dada na noite de ontem pelo ministro da saúde, Luiz Mandetta:

Mandetta diz que coronavírus vai se espalhar em progressão geométrica

O ministro da Saúde, Luiz Mandetta, disse há pouco, em reunião com os presidentes do Senado e da Câmara, que a contaminação pelo coronavírus se dará em progressão geométrica a partir da próxima semana.

Segundo ele, a situação é alarmante. Ele pediu a liberação de recursos para o SUS, que pode não suportar a demanda. A ANS vai obrigar hospitais particulares a prestarem atendimento.

Fonte: O Antagonista

Não é preciso fazer muitos cálculos para chegar a conclusão de que o Exame de Ordem corre o risco de ser suspenso até a situação se normalizar.

Pandemia vai superlotar hospitais do Brasil e governos devem restringir eventos em breve, diz infectologista

Em 2018, em função da greve, o adiamento foi de 3 semanas. Agora, se isso acontecer, não teremos um prazo específico.

Casos no Brasil saltam de 34 a 52 em 24 horas; há 907 suspeitas

Até ontem, até onde sei, o assunto não foi ventilado dentro da OAB. Mas a escalada na propagação do vírus certamente vai obrigar a Ordem a pensar no assunto..

Ontem, por exemplo, o governador do Distrito Federal proibiu por decreto aglomerações como missas, eventos esportivos e shows. Proibiu também a abertura de escolas. A regra valerá pelo prazo de cinco dias, contados a partir da quinta-feira (12/03).

Novo coronavírus: NBA suspende temporada

Isso é algo que escapa completamente do controle da OAB, e vários estados, por conta própria, tal como o Distrito Federal fez, poderão criar medidas restritivas impedir a aplicação não só da OAB como de outros processos seletivos que impliquem em aglomerar pessoas.

Consequências

Eventual supensão (que ainda é só uma possibilidade, nada além) pode agradar alguns candidatos, mas provavelmente vai estressar a grande maioria, tal como em 2018.

Ficar muito tempo esperando pela prova, já tendo estudando bastante, desgastou muito o emocional dos candidatos do XXV Exame de Ordem.

Vamos aguardar

Evidentemente, este texto reflete tão somente uma hipótese. Nada foi decidido ainda.

A OAB pode até manter a prova, o que não pode ser descartado.

Entretanto, pelo noticiário e pela reação da população e das autoridades, o risco de adiamento é muito tangível.

Preparem-se emocionalmente para esta possibilidade.

E, evidentemente, não deixem de estudar. A pandemia está chegando, mas também ela irá embora. 



Cursos, Treinamentos & Produtos

11 ANOS DO
BLOG EXAME DE ORDEM