publicado em 12/06/2018 às 09h21
Notícias sobre a possível reaplicação da prova em Porto Alegre

Os candidatos que iam fazer a prova da 2ª fase do Exame de Ordem em Porto Alegre estão ansiosos, e com razão, para saber quando irão refazer a prova.

Dentro da OAB a situação é a seguinte: há o interesse em reaplicar a prova o quanto antes, escolhendo uma data que vá até no máximo no início de julho.

Essa é a vontade.

Por outro lado, tem o aspecto prático, ou seja, o custo de reaplicar a prova mais uma vez.

E aí entra a FGV.

Reaplicar a prova custa caro, pois toda uma logística tem de ser implementada para mobilizar a estrutura da Fundação.

Já tivemos um primeiro adiamento, por conta da greve dos caminhoneiros, e a FGV teria que arcar com o ônus de uma reaplicação de prova mais uma vez.

Isso é tão sério que no XXI Exame de Ordem os candidatos de Natal/RN, não tiveram uma reaplicação de prova da 2ª fase e foram remanejados para a 2ª fase do XXII Exame.

Naquela oportunidade, quando tivemos uma crise de segurança, a Ordem suspendeu a aplicação da prova em Natal e Mossoró.

OAB suspende a aplicação da 2ª fase do Exame de Ordem em Natal/RN e Mossoró/RN

Comunicado - Transferência das inscrições dos candidatos de Natal e Mossoró para o XXII Exame de Ordem

Existe no edital, inclusive, regra específica quanto a isto:

3.6.23.2. Em casos excepcionais, quando a situação verificada impossibilitar o prosseguimento das provas em condições isonômicas a todos os examinandos envolvidos, a Coordenação Nacional do Exame de Ordem poderá deliberar pela suspensão da aplicação em determinada localidade, reservando-se no direito de prosseguir com a realização do certame suspenso em nova data ou inserir automaticamente, na respectiva fase suspensa, os candidatos prejudicados para o Exame subsequente, preservando válidas as provas aplicadas nos demais polos de prova no país.

Existe a previsão de que a decisão seja tomada até amanhã.

Vamos aguardar e torcer pelo melhor.