Simulado OAB - Questões inéditas e inovações legislativas do período da pandemia

Preparem-se com quem entende!

publicado em 11/05/2020 às 11h11
Edital concurso público prevê uso de máscara, álcool gel e distanciamento

No último dia 05 de maio a prefeitura de Itapeva/SP lançou um concurso público com várias vagas para engenheiros, psicólogos, técnico de enfermagem, etc, com expressa previsão, durante a aplicação das provas, do uso de álcool gel, máscaras e o distanciamento entre os candidatos como medidas de segurança contra a propagação do coronavírus.

Chama também a atenção a data marcada para a prova: 28/06. É a mesma atualmente agendada para a 2ª fase do XXXI Exame de Ordem.

OAB remarca a 2ª fase do XXXI Exame de Ordem para o dia 28/06

Ou seja: como o edital foi lançado ainda na semana passada, a prefeitura de fato está bancando a aplicação da prova no dia 28/06 mesmo com o atual momento da pandemia.

Escrevi no dia 28/04 um texto tratando exatamente deste ponto, hoje de fundamental importância para os candidatos. O uso de proteção para a prova, seja a data que for, é indispensável até que surja uma vacina.

Pandemia exige mudanças sérias no edital do Exame de Ordem

Os pontos que julgo mais importantes para a proteção dos candidatos:

1 - Obrigatoriedade do uso de máscaras e protetores faciais (ou óculos protetores) na sala de prova;

2 - Menos candidatos por sala, ou mesmo a possibilidade de aplicação da prova em espaços abertos;

3 - Proibição de fazer a prova para candidatos gripados ou com quaiquer sintomas de COVID-19;

4 - Proteção especial aos candidatos do grupo de risco;

5 - Fiscais de prova com máscaras, álcool gel e luvas;

6 - Repescagem extra para quem não puder fazer a prova.

Repito: essas medidas devem ser aplicadas independentemente do momento da prova, seja dia 28/06 ou em data posterior, até o surgimento de uma vacina que efetivamente proteja a todos.

Confiram as disposições especial do edital da prefeitura de Itapeva/SP.

Álcool gel e distanciamento:

Uso de máscaras:

O uso de máscara e outras medidas protetivas é fundamental enquanto estivermos sob risco.

Infelizmente a doença irá se propagar indefinidamente até o surgimento da vacina. Há de se considerar também, observando-se o contexto, que o Brasil não tem conseguido controlar a epidemia, sequer tem conseguido manter as pessoas em um grau de quarentena satisfatório.

A probabildiade de passarmos um longo período convivendo com a doença é muito grande. E, por isso, todo cuidado é pouco.

A prefeitura de Itapeva acertou quanto a este ponto.



FIQUE POR DENTRO
RECOMENDAÇÕES DO BLOG

Cursos, Treinamentos & Produtos

11 ANOS DO
BLOG EXAME DE ORDEM