Curso para a reta final de preparação do XXXI Exame de Ordem

Vamos estudar forte para a prova do XXXI Exame de Ordem!

publicado em 02/12/2019 às 07h17
Calendário final do XXX Exame e análise de provas cheias de erros!

Agora chega o momento de se preparar para a longa espera pelo resultado do XXX Exame de Ordem. E essa espera será um pouco longa. 

Serão 21 dias de muita expectativa. Não é o maior intervalo entre a prova e um resultado, mas para quem vai esperar o tempo passará muito devagar.

Detalhe: O resultado preliminar será no dia 23/12, véspera da véspera do natal!

Confiram o calendário final:

É interessante constatar que as provas não escaparam do que foi previsto aqui: foram razoáveis em função do contexto:

Algo me diz que as provas de amanhã serão boas!

É verdade sim que a dificuldade das provas da 1ª fase estão seguindo uma oscilação, sendo que quando uma prova é mais "fácil", a seguinte vem mais complicada.

Mas essa regra não se aplica às provas da 2ª fase. Tirando o XXVII Exame, as demais têm sido ao menos razoáveis, como a de ontem.

Aliás, acredito que a atual 2ª fase foi um pouco melhor do que a 2ª fase do XXIX. Não tivemos uma chuva de peças inéditas como na prova anterior.

Todavia, a qualidade das provas deu uma boa caída. MUITAS falhas em muitas provas mostram que a FGV ainda está longe de chegar a um bom padrão.

Temos vários pontos relevantes nesta 2ª fase do XXX Exame de Ordem:

1 - A prova de Tributário pode render várias reprovações pelo fato de muitos candidatos não teremos sido preparados especificamente para a peça, como muitos manifestaram nas redes sociais. Muitos fizeram erroneamente o Agravo de Instrumento, quando de fato a Apelação era a peça cabível. 

2 - A prova de Constitucional tem vários erros, desde um enunciado capcioso, a um pedido de valor da causa em um recurso (!!!), o que simplesmente não existe e um possível equívoco no nome do impetrado. Aliás, o recurso foi totalmente inesperado e o ROC atrapalhou muita gente. Quanto a isto irei analisar com mais calma ao longo do dia.

3 - A questão 4A de Trabalho precisa ser anulada, pois tem um vício insuperável. Além disto, a peça tinha muitos pedidos e isso atrapalhou os candidatos.

Isso sem contar o erro bisonho de edição na peça prática:

FGV comete erro na edição da prova de Trabalho

Erro injuntificável, diga-se de passagem. Ao menos não tem o condão de prejudicar ninguém.

4 - Em Empresarial aparentemente temos um problema na questão 3B, o que verei em breve.

Tirando esses problemas, na média as provas subjetivas têm sido bem parelhas quanto a dificuldade, o que dá um certo alívio aos examinandos que porventura venham a ser aprovados na 1ª fase.

Por outro lado, Penal, Civil e Administrativo não apresentaram maiores intercorrências, ao menos que nós tenhamos detectado até agora. Ao longo dos próximos dias, se algo surgir, analisaremos direitinho.

Apesar de tudo, em um primeiro momento, a perspectiva é de que tenhamos um percentual de aprovação ao menos razoável nesta 2ª fase.

Mas agora temos pela frente a correção da FGV.

Publicados os Padrões de Resposta do XXX Exame de Ordem

Nunca, nunca mesmo, podemos subestimar o poder de estrago dessas correções, que nunca superaram o o razoável, sendo que em regra oscila no ruim.

Claro! Com provas mais fáceis a tendência é de termos correções melhores, mas sempre temos de deixar o pé atrás. Infelizmente isso precisa ser dito, pois é a mais absoluta verdade: a FGV até hoje não aprendeu a corrigir direito as provas.

Dá para, no máximo, chamar as correções de razoáveis.

Calendário final do XXX Exame e análise de provas cheias de erros!

Lançado o Curso Intensivo, o Super Intensivo e de Questões para o XXXI Exame!

Em que pese os padrões terem sido publicados hoje, somente no dia 23/12 saberemos o resultado do XXX Exame de Ordem, quando a verdade sobre como será a correção da FGV será revelada, pois o que vale mesmo é o espelho de correção.

O padrão apresenta o gabarito de cada prova, mas a FGV usa o espelho como baliza de correção e pontuação. É o espelho, na realidade, que manda na correção.

Agora, neste exato momento, NINGUÉM está aprovado, mesmo que o padrão esteja alimentado doces esperanças. É preciso aguardar!

Mas, de toda forma, quem foi bem nas provas de ontem pode começar a alimentar a esperança no coração. Quando temos provas boas a perspectiva é que a aprovação chegue a casa dos 50%, o que é uma média bem alta, especialmente considerando o Exame de Ordem.

Acreditem: a transformação de bacharel em advogado está mais próxima do que nunca agora!

Os recursos dos candidatos poderão ser apresentados só após a divulgação do resultado preliminar, e eles dependerão dos espelhos (não temos ainda a distribuição das notas por item) como também cada caso deve ser visto de forma particular, afinal, cada recurso demanda uma abordagem específica.

Temos 21 dias de hoje até o dia do resultado do XXX Exame de Ordem!

Preparem seus corações para esta longa jornada!



Cursos, Treinamentos & Produtos

11 ANOS DO
BLOG EXAME DE ORDEM