publicado em 18/06/2010 às 12h11
Presidente da OAB Federal afirma em entrevista que cursinhos preparatórios compravam a prova da OAB

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil, Ophir Cavalcante, participou ontem de uma entrevista para Globo News, e afirmou categoricamente que alguns cursinhos preparatórios para o Exame de Ordem compravam as provas da OAB da quadrilha responsável pela fraude, pagando por isso, no mínimo, R$ 50 mil, visando preparar melhor seus alunos e, naturalmente, criar fama e prestígio para ao fim atrair ainda mais alunos.

A Ordem dos Advogados do Brasil TEM A OBRIGAÇÃO trazer a público o nome desses cursos e professores. Isso não pode ficar impune de forma alguma.

Esses cursos e professores precisam PAGAR por tudo isso.

E os alunos, de boa-fé, que foram beneficiados por estes cursos, podem ficar com suas carteiras? É justa a aprovação destes em razão das informações privilegiadas recebidas destes cursos?

A OAB TEM de se manifestar o quanto antes. Estes cursos e professores NÃO PODEM mais atuar no mercado nenhum segundo a mais, e isso só para começar!!

Confiram a íntegra da entrevista:



Cursos, Treinamentos & Produtos

11 ANOS DO
BLOG EXAME DE ORDEM