Curso preparatório para a 1ª fase do XXXII Exame de Ordem

Venham se preparar forte para a próxima OAB

publicado em 21/05/2020 às 14h00
Operação investiga ameaças de morte a juízes, promotores e procuradores do DF

A Delegacia de Repressão a Crimes Cibernéticos em conjunto com o Núcleo Especial de Combate aos Crimes Cibernéticos do Ministério Público do Distrito Federal prenderam nesta quinta-feira (21) dois homens suspeitos de ameaçar de morte juízes, promotores e procuradores. As prisões foram efetuadas por policiais civis no residencial Lake Side, localizado no Lago Paranoá, área nobre de Brasília.

O e-mail, intitulado "sentença de morte aos traidores da pátria", foi recebido por alguns servidores e magistrados na tarde de ontem. Assim que o texto foi recebido, o Tribunal acionou a Comissão de Segurança Permanente do TJDFT para apurar o fato.

As ameaças são direcionadas também a autoridades federais, juízes de Direito, desembargadores e ministros dos Tribunais Superiores, além de incitar a prática de crimes contra outros agentes públicos. 

Além disso, o texto cita o ministro-chefe da Casa Civil do governo federal, general Walter Braga Netto. Em resposta, o ministro publicou a seguinte nota:

“Em relação à matéria publicada no Blog do Vicente do Correio Braziliense, em 20 de maio de 2020, intitulada “Mensagens com ameaças de morte abarrotam e-mails de juízes”, a Casa Civil esclarece que o Ministro Braga Netto repudia o conteúdo dos e-mails citados e o uso indevido de seu nome. Por fim, externa que solicitará a rigorosa apuração da autoria e a responsabilização dos envolvidos.”

No local onde foram efetuadas as prisões dos suspeitos, os policiais encontraram vários materiais relacionados às ameaças e cartazes com os dizeres "Comando da Intervenção".

Entre as apreensões, havia também um pendrive com a etiqueta "Matar juízes. Matar todos".

Operação investiga ameaças de morte a juízes, promotores e procuradores do DF

Um dos suspeitos, identificado como Célio Evangelista Ferreira do Nasciment, de 79 anos, que se autointitula “Presidente Constituinte da República”, possui um canal no Youtube onde recentemente publicou um vídeo fazendo ameaças a diversas autoridades. O outro suspeito se chama Rodrigo Ferreira e tem 40 anos.

Assistam abaixo:

Confira a íntegra do email enviado aos juízes:

Assunto: SENTENÇA DE MORTE AOS TRAIDORES DA PÁTRIA.

Aos políticos, juízes, promotores, mefíticos e vagabundos de toda sorte.

O Brasil chegou a um ponto onde não é mais possível resolver os problemas através da razão e do bom senso.

Por esse motivo, a partir de agora, serão resolvidos através da execução do ESTADO DE SÍTIO, sob comando do exmo. Gen. de Exército Walter Souza Braga Neto.

Por isso, convocamos a população para MATAR EM LEGÍTIMA DEFESA DE SI MESMO E DA PÁTRIA políticos, juízes, promotores, chefes de gabinetes, assessores, parentes, amigos, protetores, e demônios de toda sorte.

MATEM TODOS.

MATEM JUÍZES, MATEM PROMOTORES, MATEM DEPUTADOS, PREFEITOS, VEREADORES, PARENTES, FILHOS, NETOS E AMIGOS.

BASE LEGAL PARA A SENTENÇA DE MORTE

 Com informações do G1 e Metrópoles



Cursos, Treinamentos & Produtos

11 ANOS DO
BLOG EXAME DE ORDEM