publicado em 08/06/2018 às 15h47
Não entre em parafuso!

Hoje é sexta-feira! Estamos a 48H da prova e muito provavelmente vocês não sabem mais o que fazer ou o que mais estudar.

Em função do caráter excepcional do adiamento da prova, vocês ganharam excepcionalmente mais duas semanas de preparação, e isso no finzinho da reta final.

Chegamos agora neste ponto e fica a grande pergunta: o que mais fazer? O que mais estudar? Até onde ir?

Há duas semanas atrás essas perguntas faziam muito sentido. Mas agora, com o tempo extra, pode ser que o nível de saturação de vocês já não permite divisar uma resposta clara e inequívoca.

Vocês estão estressados com a situação e em função da demora, sem a menor sombra de dúvida.

Aì vem a pergunta: faz o que agora? Estuda ainda, até o limite? Ou para e foca no emocional?

A resposta que sempre ou em vésperas de prova é essa: faça o que seu coração mandar! Não existe estudo apontando que descansar é mais benéfico do que estudar, ou vice-versa.

Mas considerando o contexto e o elastecimento do prazo de preparação, considerando também que vocês estavam prontos para a prova na data original, me parece muito razoável que focar em si mesmo agora, no emocional, em apaziguar a ansiedade é o melhor caminho para vocês.

É de grande importância chegar emocionalmente seguro na prova, especialmente para que o foco não seja embaralhado e o famoso "branco" surja para atrapalhar.

Chegar confiante ajuda muito na hora da verdade.

Então nós temos dois aspectos a serem ponderados neste momento:

1 - Vocês estão mais prontos para este 2ª fase do que qualquer outro conjunto de candidatos antes no Exame de Ordem. Duas semanas extras de REVISÃO (até porque vocês já haviam esgotado o conteúdo) os colocou em um excelente patamar para resolver a prova, isso sem considerar o fato de que elas não foram reimpressas.

2 - Não faz sentido, dado o contexto, achar que ainda tem de aprender mais alguma coisa. O que faltou vocês verem neste tempo todo? Nada, não é? Ainda faz sentido fazer revisões, especialmente nos esqueletos das peças e nos vades, mas a verdade é que o bom mesmo seria simplesmente pegar a prova e fazê-la de uma vez.

O ideal agora é descansar. 

Procurar os amigos, namorados e tentar desplugar da prova.

"Ah, mas ainda terei algumas revisões"!

Sim, nada impede que pontualmente vocês parem para estudar, mas é só para isso mesmo: revisar.

Lembrem-se: vocês estão mais prontos para uma prova que promete ser muito bom do que qualquer outro conjunto de candidatos antes.

Essa prova será de vocês!

O nível de treinamento extra vai fazer uma imensa diferença na hora da verdade!

Hora de cada um confiar no próprio potencial! 

E há muito a ser mostrado no dia da prova.

Neste momento não é nehum pecado dar uma paradinha para buscar um pouoc de paz de espírito.

Pensem nisso!