Teses Jurídicas Pós-Pandemia

Venham se preparar para o futuro das lides no país!

publicado em 04/06/2020 às 10h36
Longos 3 meses até a 2ª fase da OAB: como estudar?

Com o terceiro adiamento da prova, ocorrido na semana passada, o prazo de preparação para a 2ª fase do XXXI terá 5 meses a mais de estudos.

Considerando que a prova da 1ª fase do XXXI foi no dia 09/02, vocês terão 6 meses e 3 semanas de preparação total.

É muito tempo!

Tanto tempo que um universo imenso de candidatos não sabe o que fazer. 

Pior, não quer sequer estudar agora!

Quando a prova foi adiada a primeira vez a esmagadora maioria já estava praticamente pronta para esta prova. Considerando isso, hoje também essa maioria está SATURADA com o conteúdo e ainda alimentando um receio de um novo adiamento.

Cadastro no Telegram do Blog Exame de Ordem

Isso afora o sentimento de simplesmente não aguentar mais olhar para os livros, as aulas e, claro, redigir indefinidade peças e mais peça.

Uma situação atípica para a qual ninguém tem uma fórmula exata para lidar.

E, basicamente, não tem mesmo muita mágica. O procesos de estudo daqui até o dia da prova, na minha ótica, tem de seguir dois caminhos distintos, um após o outro.

OAB remarca Exame de Ordem para 30 de agosto

Esses dois caminhos têm dois propósitos distintos: manutenção e "reaquecimento".

Vamos combinar: não dá para manter indefinidamente o ritmo frenético de estudos característico da 2ª fase. Por isso falo em "manutenção": um ritmo menos intenso de estudos cujo propósito é o de evitar o esquecimento do que foi estudado durante pelo menos os próximos dois meses.

Um período de uma ou duas horas de estudo diário (pode excluir os finais de semana) com revisões do conteúdo e treino de questões ou peças.

Nova projeção do calendário 2020 da OAB! XXXIII Exame de Ordem só em 2021!

Tanto a parte doutrinária como a prática precisam ser trabalhadas, em dias alternados, para que todo o esforço feito antes não seja em vão.

Em um dia o candidato faz uma peça; no outro estuda a parte processual; no outro resolve algumas questões; depois estuda direito material. 

Claro: quanto mais vocês conseguirem estudar, melhor. Estou falando aqui de se manter um mínimo de estudo de forma contínua. Se vocês conseguirem estudar além do mínimo, melhor ainda.

Por outro lado, faltando um mês para a prova, quando tivermos a certeza de sua aplicação, entraremos na fase "intensiva" de estudos.

Aí sim, os estudos devem retornar como se nada tivesse acontecido. Neste momento, como vocês já estão prontos, o ritmo de revisão deve crescer substancialmente, como se nada tivesse acontecido.

Aqui vejo duas vantagens: a primeira é que vocês terão um mês inteiro exclusivamente de revisão, já completamente prontos. A segunda é que o emocional estará na melhor condição possível, pois daqui até lá vocês poderão a convicção de que não é possível estar mais preparado. Ou seja: vocês estarão emocionalmente prontos, como nunca antes nenhum grupo de candidatos jamais esteve.

Um pouco de paciência agora, sangue frio e estudos farão com que vocês tenham uma ALTA PROBABILIDADE de aprovação na próxima prova.

Na realidade, espero um recorde inédito de aprovação na 2ª fase do XXXI.

E esse recorde é algo que está integralmente nas mãos de vocês.

Lembrando: a prova de vocês já está pronta! É a prova que seria aplicada no dia 5 de abril. A banca não vai piorar a vida de vocês.

O Exame de Ordem vai ficar mais difícil por conta da pandemia?

A FGV não vai reimprimir provas novas simplesmente porque as anteriores não foram usadas e ninguém teve acesso a elas. Elas sequer foram distribuídas aos locais de prova.

A aprovação vai demorar um pouquinho, mas ela vai chegar!

Esse 2020, tão ruim em nossas vidas, ao menos terá de deixar algo bom para vocês. E não consigo imaginar nada melhor do que a aprovação.



Cursos, Treinamentos & Produtos

11 ANOS DO
BLOG EXAME DE ORDEM