Prática Pós-Pandemia

Venham se preparar para o futuro das lides no país!

publicado em 07/02/2017 às 08h04
Os candidatos de Natal e Mossoró foram abandonados!

Já se passaram 16 dias desde a aplicação da 2ª fase do XXI Exame, estamos a 7 dias da divulgação do resultado preliminar e nada, nenhuma decisão oficial quanto ao futuro destes examinandos.

A OAB/RN publicamente já deixou claro a cizânia entre ela e a FGV em relação a reaplicação:

OAB/RN e FGV em guerra devido a 2ª fase do XXI Exame de Ordem

Mas este é um problema interno deles e não dos candidatos. Não é possível que uma decisão desta natureza não seja tomada após 16 dias da realização da 2ª fase.

Evidentemente, a melhor escolha é a de REAPLICAR a prova para os examinandos de Natal e Mossoró. Os candidatos pagaram para fazê-la e se prepararam por meses para isto.

E, como já disse anteriormente, o custo da reaplicação deve recair sobre quem pediu a suspensão, ou seja, a OAB/RN. Evidentemente a seccional não tem culpa pela instabilidade gerada pela criminalidade à época, mas tudo têm um custo e alguém tem de arcá-lo. Jogar esse custo para os examinandos, inscrevendo-os na 2ª fase do XXII, seria a pior das decisões, onerando quem apenas queria fazer a prova e seguiu todos os ditames do edital.

E esse custo, é muito importante frisar, é muitíssimo mais alto se comparado com os R$ 240,00. É o preço de adiar o futuro deles por pelo menos uns 5 meses na VIDA. Obliterar 5 meses da vida de alguém é algo MUITO sério!

O inaceitável é esse vácuo sem fim, sem nenhuma decisão sobre o futuro de quem faz a OAB exatamente para definir o próprio futuro.

Os candidatos estão sendo, claramente, prejudicados com toda essa indefinição. A OAB/RN e a FGV precisam chegar a um consenso, e tem de chegar LOGO!

Ou não demora e alguém vai ter a ideia de buscar o MPF para interferir na situação. Aí tudo tende a se tornar ainda mais caro...



Cursos, Treinamentos & Produtos

11 ANOS DO
BLOG EXAME DE ORDEM