publicado em 14/06/2012 às 12h38
Aviso aos candidatos que farão a prova de Direito do Trabalho da OAB

O que vou escrever agora é um BOATO! Nem mais, nem menos. Não veio de nenhuma fonte quente.

Mas a informação me pareceu crível, e ela em si faz algum sentido.

A FGV teria mudado o responsável pela elaboração das provas de Direito do Trabalho da 2ª fase por acreditar que estas, edição após edição, estavam muito parecidas.

Vejamos as últimas peças prático-profissionais cobradas:

VI Exame de Ordem Unificado – FGV – Contestação

V Exame de Ordem Unificado – FGV – Contestação

IV Exame de Ordem Unificado – FGV – Contestação

2010.3 (FGV) – Recurso Ordinário

2010.2 (FGV) – Contestação

2010.1 (Cespe/UnB) – Contestação

2009.3 (Cespe/UnB) – Reclamação trabalhista sob o rito ordinário

A informação faz sentido porque, de fato, a contestação imperou quase que absoluta nas últimas edições da prova.

Mas observem uma coisa: Não estou dizendo aqui que contestação NÃO cairá na próxima prova! Não faço a menor ideia do que será cobrado e como será cobrado. Ninguém faz.

Depois, não sei rigorosamente nada sobre se tal mudança (suposta!) impactará no grau de dificuldade da prova ou na apresentação de uma peça exótica, diferente. A informação restringe-se apenas na mudança da pessoa responsável pela elaboração da prova.

Isso apenas reforça a percepção de que vocês, candidatos, não podem ficar acomodados esperando novamente por uma contestação.

Estejam prontos para tudo.



FIQUE POR DENTRO
RECOMENDAÇÕES DO BLOG

Cursos, Treinamentos & Produtos

11 ANOS DO
BLOG EXAME DE ORDEM