Mega Revisão Jus21

Uma revisão sem igual para vocês fazerem bonito na prova da OAB!

publicado em 26/02/2019 às 15h45
Aprovação no XXVII Exame de Ordem foi de 12,18%

A FGV não foi indulgente na correção dos recursos da 2ª fase do XXVII Exame de Ordem.

E isso marca bem esta edição, onde tudo foi difícil: a primeira fase, a segunda e agora os recursos.

Vamos conferir como foi, estatísticamente, esta edição?

O Blog apresenta, com exclusividade, as estatísticas FINAIS do XXVII Exame de Ordem.

Quem não se sente seguro para buscar a OUVIDORIA pode contar com o auxílio do pessoal do PROVIMENTO, uma empresa de soluções educacionais preparada para lidar com os recursos da 2ª fase da OAB

http://www.provimento.com.br/

A ideia é oferecer a quem precisa a minuta de um recurso para a Ouvidoria feito de forma individualizada, técnica, para exatamente oferecer um recurso que tenha chances reais de ser bem sucedido, ao contrários de fundamentações generalistas que são vistas por aí.

O trabalho é meticuloso, artesanal e de muita qualidade.

Vamos considerar primeiro a terra arrasada que vimos 1ª fase, simplesmente a 4ª pior primeira fase de todos os tempos:

Anulação impactou pouco na aprovação do XXVII Exame da OAB

Agora, com a divulgação da lista preliminar, outra pancada! Essa é, até onde consigo me lembrar, o pior desempenho dos examinandos em uma 2ª fase.

Whatsapp do Blog - 61 - 99314.4383

Foram 23.614 candidatos aprovados na 1ª fase e mais 12.881 examinandos oriundos do XXVI Exame, totalizando 36.499 candidatos (Dados calculados pelo Blog).

Com a divulgação da lista preliminar de aprovados, 14.127 candidatos foram aprovados.

Agora, com a divulgação da lista final, temos 15.236 examinandos aprovados.

Ou seja, foram 1.109 recursos providos apenas.

Péssimo percentual!

Na minha matemática, quando temos 40% de aprovação, significa que tivemos uma prova ruim entre os examinandos. Com 45% de aprovação, a percepção é de uma prova mediana, e com 50%, uma excelente prova.

Considerando que foram 125 mil candidatos, com apenas 15.236 aprovados finais, isso significa que o XXVII Exame tee um percentual de aprovação de apenas 12,18%.

Estávamos vindo de uma sequência consistente de boas provas na 2ª fase. Uma sequência que iniciou no XXI Exame de Ordem, após as correções medonhas do XX. A última prova subjetiva havia sido a melhor de todos os tempos, inclusive.

Mas esta edição foi pancada após pancada, fazendo terra arrasada dos examinandos.

Quando avalio a dificuldade da prova, considero isoladamente a 1ª ou a 2ª fase. Nesta lógica, sei que a 1ª fase do XXIII foi a pior de todos os tempos. Por outro lado, a prova da 2ª fase daquela edição foi bem tranquila, com boa aprovação.

Agora não. As duas fases foram muito ruins, sendo que a 1ª foi a 4ª pior da história e a 2ª foi a pior que eu tenho memória (não saberia afirmar agora se foi a pior de todos os tempos, isso demandaria um trabalho de pesquisa das minhas estatísticas, mas estou tendente a acreditar que sim).

Esse então foi o XXVII Exame de Ordem. E não vai deixar saudades.



Cursos, Treinamentos & Produtos

11 ANOS DO
BLOG EXAME DE ORDEM