publicado em 29/03/2011 às 16h02
A covardia contra os candidatos que fizeram a prova trabalhista do Exame de Ordem

O professor Rafael Tonassi, do Portal Exame de Ordem,  mandou por e-mail e pediu para publicar aqui no Blog seu inconformismo com a prova trabalhista do último Exame.

Confiram:

Amigos que fizeram a segunda fase de trabalho do exame 2010.3

Venho aqui me solidarizar a todos com a COVARDIA feita pela OAB na prova de trabalho

Me questiono se a infeliz prova aplicada, é fruto de perseguição da OAB aos futuros advogados, ou simplesmente absoluta incompetência da banca examinadora, que por conta de sua vaidade não foi capaz de elaborar um exame com o objetivo de aferir a capacidade técnica de um recém formado.

Acho que num surto psicótico de vaidade, o examinador impune e covarde escondido em seu anonimato ( muito cômodo por sinal ) deve estar rindo de sua perversidade com milhares de pessoas que apostaram sua história de vida na advocacia e dependem dessa aprovação para o término de um ciclo e o inicío de uma nova caminhada, que infelizmente se encontra estagnada por conta dos devaneios de um louco anônimo.

Devo reconhecer que só me dei conta da tamanha injustiça praticada contra os alunos quando no dia seguinte, nós da equipe de professores de trabalho do Complexo de Ensino Renato Saraiva demoramos juntos 07 horas para elaborar a sugestão de resposta, isso mesmo amigos não digitei errado, 07 horas que os PROFESSORES precisaram .

E ao final do dia exausto mentalmente retornando pra casa pude ter a certeza que nenhum, digo nenhum conselheiro da Ordem dos Advogados, faria essa prova em cinco horas.

Faço um aqui um desafio público para qualquer Conselheiro Federal ou o próprio Presidente, que elabore na minha frente um prova nos mesmo moldes da aplicada na segunda fase de trabalho no prazo de cinco horas, garanto a vocês com toda certeza que ele não irá terminar.

O que ocorreu foi um absurdo!

Um despreparo irresponsável com consequências na vida de milhares de pessoas, que curiosamente escolheram a advocacia como um instrumento na busca da Justiça.

E são vitímas de tamanha injustiça !! Pela própria OAB, que antagonismo...

Só nos resta esperar o gabarito, vamos aguardar

Fiquem com Deus

Rafael Tonassi



Cursos, Treinamentos & Produtos

11 ANOS DO
BLOG EXAME DE ORDEM