teste
Advocacia Destaque

Presidente da OAB-PE lamenta convite que chamou curso de Direito de desgraça

Um estudante de Direito conseguiu viralizar intensamente seu convite de formatura ao escrever um texto irônico sobre seu período de estudos na faculdade.

O convite rodou a internet e foi publicado em quase todos os sites importantes.

Vejam o texto:

“Passados seis fucking anos e acabou essa desgraça. A faculdade começou de uma maneira maravilhosa, estava empolgado com um novo ambiente, novos professores, novas amizades. Pobre iludido era eu. Foram-se os anos e eu já estava surtando com assuntos acumulados, vários trabalhos para entregar, provas cujo único objetivo era foder com a minha vida social e desgastar meus neurônios, sem falar na demora de colocar a nota no sistema, né? Jesus, eu já não estava mais aguentando, pisar na faculdade no fim do curso era um tormento, eu olhava a cara dos professores e lia em suas testas “atura ou surta”, meus colegas me davam raiva (principalmente aqueles que ao fazer uma pergunta na aula dão uma palestra. Nunca seja esse tipo de pessoa!), todos os dias eu olhava para aquele lugar e dizia: não dá mais. E para completar, no último ano, ainda tive que estudar para a maldita prova da OAB e entregar um TCC. Aos meus inimigos, gostaria de dizer que acabou, estou formado e pronto para meter o famoso processinho. E como diria um filósofo contemporâneo cujo nome eu não me lembro, “não estudo para ser chamado de doutor, estudo para ser chamado de rico”.

O presidente da OAB-PE, Ronnie Preuss Duarte, manifestou-se ontem sobre o convite de formatura. Lucas Lima Jansen, que tem 23 anos, está se formando por uma faculdade de Direito de Recife. O presidente usou o Facebook para aconselhar Lucas a não seguir a advocacia.

“Ao jovem Lucas, se me fosse consentido, daria um conselho: não siga a advocacia. Por tudo o que li, tenho a certeza de que, nela, você pode até ficar rico, mas, muito dificilmente, conseguirá ser feliz”, disse o presidente da OAB-PE. Lucas cursava, concomitantemente, os cursos de publicidade e direito. No convite de formatura, o jovem narrou ironicamente os atropelos da vida acadêmica que enfrentou.

O presidente expressou um sentimento de pesar pelo jovem que escreveu o convite:

“Senti pena do jovem bacharel que, almejando apenas a riqueza, fez um curso que, para ele, foi tido como ‘desgraçado’, que via as provas como algo cujo único propósito era ‘foder’ a sua vida social e que tinha raiva dos colegas, qualificando de ‘tormentoso’ o simples ato de pisar na faculdade”.

Foi ressaltado também o trecho em que Lucas Jansen classifica a prova da OAB como “maldita”.

“Lamentei profundamente que a bendita prova da OAB não seja capaz de aferir a vocação dos candidatos”.

Vejam o texto completo:

Maurício Gieseler

Advogado em Brasília (DF), este blog é focado nas questões que envolvem o Exame Nacional da OAB, divulgando informações e matérias atualizadas, além de editoriais, artigos de opinião e manifestações que dizem respeito ao tema. Colocamos, também, a disposição de nossos visitantes provas, gabaritos, dicas, análises críticas, sugestões e orientações para quem pretende enfrentar o certame. Tudo sobre o Exame de Ordem você encontra aqui.

Newsletter