teste
Datas do Exame de Ordem Destaque

Calendário OAB 2018: Datas do Exame de Ordem

Calendário oab 2018

A OAB divulgou o Calendário OAB 2018 oficial do Exame de Ordem para o próximo ano.

A partir de agora o planejamento de todos vocês pode ser organizado de forma correta, sem erros nas datas.

Comparando o calendário oficial, publicado hoje, com o calendário extraoficial publicado pelo Blog Exame de Ordem em 5 de dezembro, as discrepâncias foram mínimas.

Apenas a data do edital do XXV e a prova da 1ª fase do XXVI foram diferentes, e em ambas o erro foi de apenas uma semana.

Calendário extraoficial da OAB 2018

Quem se balizou no Blog, especialmente para o XXV Exame, não terá problemas de organização e no cronograma.

E quem está de olho no XXV Exame de Ordem não deve mais perder tempo e deve entrar de cabeça na preparação. O JUS21 já lançou o seu Curso Completo OAB de Teoria e Questões para o XXV Exame de Ordem!

Mesa Redonda Jus21

Curso de Teoria e Questões para o XXV Exame de Ordem

O curso uma preparação com alta densidade, consistência e conteúdo, visando instruir nosso alunos EXATAMENTE como o atual modelo do Exame de Ordem demanda. É isso que o JUS21, pensado por quem mais entende de Exame de Ordem no Brasil, tem a oferecer.

A carga horária do curso é de 166 encontros, com 2 horas cada encontro, totalizando, aproximadamente, 332 horas/aulas.

O investimento será de R$ 895,00 ou 6X de R$ 149,17.

DETALHE: Aulas do Curso Completo para OAB absolutamente inéditas, preparadas para o XXV Exame de Ordem!

Logo, antecipar o quanto antes os estudos é fundamental para o sucesso.

Recomendo fortemente a leitura dos textos abaixo:

Que edição do Exame de Ordem em 2018 você deve escolher?

Estou perdido! Como me preparar para a prova da OAB?

Escolher uma edição é muito importante para o planejamento, pois isso envolve a delimitação de alguns elementos básicos para ser estruturado de forma correta, evitando que o candidato caia no “ciclo vicioso de reprovação”.

O que é esse ciclo?

Um examinando entra em um ciclo quando ele reprova no Exame e não consegue encontrar tempo suficiente para estudar de forma adequada, vindo a reprovar sucessivas vezes.

O tempo que falta não decorre do tempo que ele tem disponível em si mesmo, e sim dos curtos intervalos de tempo entre uma prova e outra.

Isso suprime do projeto de preparação o tempo necessário para estudar com um mínimo de qualidade possível, e, evidentemente, tal situação deve ser evitada a todo custo.

Ao reprovar em uma 2ª fase, já vindo de uma repescagem, por exemplo, o candidato terá pouco menos de 2 meses para estudar tudo de novo.

É pouco tempo, considerando, em especial, que ele só vinha estudando para a 2ª fase em duas edições seguidas.

Ou, o candidato vai reprovando somente na 1ª fase mas não consegue estudar direito para a próxima 1ª fase, entrando também em um ciclo de reprovação.

O objetivo é fazer a prova uma ÚNICA VEZ!

Planejem!

Maurício Gieseler

Advogado em Brasília (DF), este blog é focado nas questões que envolvem o Exame Nacional da OAB, divulgando informações e matérias atualizadas, além de editoriais, artigos de opinião e manifestações que dizem respeito ao tema. Colocamos, também, a disposição de nossos visitantes provas, gabaritos, dicas, análises críticas, sugestões e orientações para quem pretende enfrentar o certame. Tudo sobre o Exame de Ordem você encontra aqui.

Newsletter